BB Seguros

  • bb seguros

    Exposição com 140 peças passará pelo Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Belo Horizonte

    imagem bbseguros 08102019

    Estela funerária de Mekimontu Deir el-Medina, XVIII Dinastia (1550-1295 a.C.) Calcário, pintura, 28,5 x 20 x 4 cm © Museo Egizio

    Celebrando 30 anos de existência, o Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro apresenta, a partir do dia 12 de outubro, a exposição Egito Antigo: do cotidiano à eternidade. A mostra, com entrada gratuita, reúne 140 peças entre esculturas, pinturas, objetos, sarcófagos e múmias, vindas do Museu Egípcio de Turim, que possui o segundo maior acervo egípcio do mundo. Após passar pelo Rio de Janeiro, a exposição será apresentada no CCBB São Paulo, entre os dias 19 de fevereiro e 11 de maio de 2020; no CCBB Brasília, entre 2 de junho e 30 de agosto de 2020; e no CCBB Belo Horizonte, de 16 de setembro a 23 de novembro de 2020.

    A exibição é dividida em três seções: vida, religião e eternidade, que ilustram o cotidiano das pessoas do vale do Nilo, revelam características do politeísmo egípcio e abordam suas práticas funerárias. Cada seção apresenta um tipo particular de artefato arqueológico, contextualizado por meio de coloração e iluminação projetadas para provocar efeitos perceptuais.

    Aspectos da historiografia geral do Egito Antigo serão apresentados de forma didática e interativa, por meio de esculturas, pinturas, amuletos, objetos cotidianos, objetos litúrgicos e ostracons (fragmento de cerâmica ou pedra usados para escrever mensagens oficiais). Também fazem parte da mostra um Livro dos Mortos em papiro, sarcófagos, múmias de animais e uma múmia humana da 25ª dinastia.

    A exposição também conta com uma seção interativa, com um vídeo 3D de monumentos que permite percorrer lugares no Egito Antigo. Os visitantes também poderão participar de atividades lúdicas, como escrever o nome em hieróglifo e tirar fotos com a esfinge e o faraó. Uma réplica de uma escavação e um livro eletrônico mostrarão parte do material registrado pelas equipes de Napoleão (de 1798 a 1801). Além disso, serviço de audiodescrição e objetos táteis serão disponibilizados pela equipe do Programa CCBB Educativo.

    Por meio das leis de incentivo, a BB Seguros patrocina exposições e eventos culturais a fim de garantir que a população tenha acesso gratuito à cultura. Sem dúvida, esta será mais uma exposição de grande sucesso e levará entretenimento de qualidade, conhecimento e lazer a milhares de pessoas pelo país”, comenta Fernando Barbosa, presidente da Brasilseg, uma empresa BB Seguros.

    A exposição é apresentada pelo Banco do Brasil e patrocinada pela BB DTVM e BB Seguros por meio do edital Programa de Patrocínio 2018/2019 -- Centro Cultural Banco do Brasil e com apoio da Lei de Incentivo à Cultura. O evento também tem apoio do Banco Votorantim. A produção e organização são da Art Unlimited.

    Serviço
    Egito Antigo: do cotidiano à eternidade
    De 12 de outubro a 27 de janeiro CCBB Rio de Janeiro | Rua Primeiro de Março, 66 -- Centro Quarta a segunda, das 9h às 21 horas Entrada gratuita

    Fonte: CDN, em 08.10.2019

  • bb seguros

    Dados fazem parte de ranking desenvolvido pela Brasilseg com base nas informações dos clientes

    imagem bb 22082019

    Danos elétricos, vendaval, queda de raio, granizo, roubo e furto... São inúmeros os prejuízos que podem ocorrer a uma residência, mas que podem ser amparados pelo seguro residencial.

    A Brasilseg, empresa da BB Seguros, fez um ranking com as principais ocorrências, que leva em consideração os avisos recebidos dos clientes. O levantamento mostrou que a cobertura de danos elétricos é a mais acionada.

    No período de janeiro a julho deste ano foram registrados 9.283 sinistros referentes a danos elétricos, o que corresponde a 64,73% do total das ocorrências e equivale um pouco mais de R$ 15 milhões em indenizações aos segurados. Em segundo lugar estão os sinistros de vendaval. No mesmo período foram atendidos 1.711 clientes, o que corresponde aproximadamente R$ 3,5 milhões indenizados. Na sequência vem o roubo e furto mediante arrombamento. Destinamos R$ 3,3 milhões em indenizações distribuídos entre 1.231 clientes.

    Na quarta colocação do ranking está a cobertura de incêndio/raio/explosão com quase R$ 6 milhões dirigidos a reconstrução do imóvel e 961 acionamentos. Destes, 90% foram de incêndio.  Por último temos as ocorrências de quebra de vidros que totalizaram 768 avisos e movimentaram um pouco mais R$ 688 mil pagos aos clientes.

     “Os danos são, geralmente, provocados por eventos da natureza. A alta incidência de raios no Brasil e as fortes chuvas podem provocar oscilações à rede elétrica, queimando os aparelhos. Por isso, o seguro residencial é importante. Ele ajuda a família a não elevar o orçamento com a reparação dos danos, que podem ser pleiteados à seguradora”, explica Sergio Barbosa, diretor de Produtos da Brasilseg, uma empresa BB Seguros.

    O seguro residencial garante a proteção e segurança para o bem mais valioso de muitas famílias, o seu lar. Por isso, é fundamental a contratação de uma apólice que tenha coberturas aderentes ao risco e adequadas ao estilo do morador, proporcionando tranquilidade ao segurado.

    Na BB Seguros, o seguro custa, em média, R$ 320 ao ano (podendo ser parcelado em até seis vezes sem juros no débito em conta). O contrato, além das coberturas, conta com diversos serviços de assistências. Dentre eles, destacam-se: chaveiro, eletricista, encanador, locação de caçamba, limpeza de caixa d’água e dedetização. 

    Sobre a Brasilseg

    Empresa da BB Seguros, holding que concentra os negócios de seguros do Banco do Brasil, a Brasilseg atua nos ramos de Vida, Habitacional, Rural e Massificados (Residencial, Empresarial e Condomínio) com produtos comercializados nas agências do BB e em seus canais digitais. Emprega 1.900 colaboradores, possui uma Central de Relacionamento e Negócios própria na cidade de Franca (SP) e ocupa o 8º lugar no ranking geral das seguradoras brasileiras.

    Fonte: CDN, em 22.08.2019

  • dom strategy partners

    Seguradoras e operadoras de saúde foram avaliadas em pesquisa realizada pela consultoria de marketing Dom Strategy Partners

    A BB Seguridade, holding voltada para os negócios de seguros do Banco do Brasil, lidera o ranking das seguradoras e operadoras de saúde que mais entregam valor produzido para o público. A companhia foi eleita por um grupo de stakeholders formados por acionistas, clientes, colaboradores e fornecedores. A pesquisa Mais Valor Produzido (MVP) é resultado de um estudo realizado pela consultoria de marketing Dom Strategy Partners.

    Além da BB Seguridade, neste ano, a Sulamerica, assume o segundo lugar com a nota 7,99. A Bradesco Seguros, primeira colocada em 2017, hoje ocupa a terceira colocação, conquistando 7,98 pontos. Na quarta faixa no ranking, com 7,96, está a IRB Brasil. A Amil fecha a lista com 7,92 na quinta posição.

    O ranking Mais Valor Produzido revela ao mercado a capacidade das empresas do segmento em gerarem e protegerem valor para si e também para seus clientes, consumidores, acionistas, funcionários e sociedade.

    O levantamento ouviu as maiores empresas do segmento segundo recortes dos anuários das revistas Exame e Valor 1000, e avaliou atributos como eficácia da estratégia corporativa, resultados gerados, crescimento evolutivo, valor das marcas, qualidade de relacionamento com clientes, governança corporativa, sustentabilidade, gestão de talentos, cultura corporativa, inovação, conhecimento, grau de transformação e uso das tecnologias digitais.

    Veja a tabela de classificação abaixo.

    imagem bb 21082019 1

    Sobre a DOM Strategy Partners

    A DOM Strategy Partners é a primeira consultoria focada em estratégia corporativa, 100% nacional. Pertencente à Holding ECC, também proprietária da E-Consulting Corp. A empresa oferta em seu portfólio de serviços profissionais práticas e metodologias como planejamento estratégico corporativo, gestão de ativos intangíveis, gestão do conhecimento e da inovação, inteligência competitiva e estratégia de marketing. A DOM desenvolve seus projetos e soluções a partir de metodologias proprietárias, criadas em seus três centros de pesquisas e estudos (SRC – Estratégia e Negócios, TechLab – Tecnologia e Processos, XPLab – Comunicação e Marketing), associadas a metodologias golden standard de mercado. Com cerca de 20 consultores com vasta experiência em empresas de consultoria internacional e bancos de investimento, a DOM trabalha somente com clientes preferenciais e atendimento personalizado, garantindo assim performance superior e foco centrado em resultados comprovados.

    Fonte: Image Comunicação, em 21.08.2019

  • bb seguros

    BB Seguros esclarece sobre as principais coberturas do produto e ocasiões em que ele pode ser acionado

    imagem bbseguros 27052019

    O seguro habitacional é um velho conhecido de quem tem imóvel financiado, mas o que pouquíssimas pessoas sabem é descrever as coberturas que o produto oferece em caso de problemas com a casa ou apartamento.

    O contrato tem como principal objetivo garantir a integridade do bem perante a instituição de crédito que o financiou e pode ser acionado se ocorrer problemas estruturais à construção. Trata-se da cobertura de Danos Físicos ao Imóvel (DFI).

    O valor da indenização, em caso de sinistro, é equivalente ao valor necessário à reconstrução do imóvel, limitado à importância segurada contratada. Estão garantidos pelo DFI a indenização nos casos de incêndio, queda de raio, explosão, vendaval, desmoronamento total ou parcial de vigas, paredes ou parte estrutural do imóvel, ameaça de desmoronamento, destelhamento causado por ventos fortes ou granizo, inundação decorrente do transbordamento de rios, alagamento provocado por chuva ou rompimento de canos e tubulações não pertencentes ao imóvel.

    À exceção de incêndio, queda de raio e explosão, a garantia DFI se refere a danos causados ao imóvel por fatores externos. O seguro paga as despesas para a recuperação do imóvel, mas não contempla as perdas e danos sofridos pelos pertences em seu interior”,explica Wady Cury, superintendente de seguros habitacionais da Brasilseg, uma empresa BB Seguros.

    Apesar de pouco recorrentes, acidentes envolvendo construções também podem acontecer. Desde rachaduras até situações complexas, como desmoronamentos, que exigem a desocupação do imóvel, o seguro habitacional pode ser acionado.

    Em casos extremos, onde há interdição do imóvel pela defesa civil ou por recomendação do perito da seguradora, nas situações em que há risco de vida ou inacessibilidade, os encargos mensais do financiamento, assim entendidos como as prestações do crédito imobiliário, podem ser também reembolsadas pelo seguro. Quando o imóvel financiado precisa ser desocupado, o segurado pode ter as prestações mensais reembolsadas pela companhia seguradora, até que a liberação do imóvel ocorra", explica Cury.

    Outra cobertura importante do produto Habitacional é a de Morte e Invalidez Permanente (MIP) do proprietário do imóvel financiado, que quita o saldo devedor do financiamento, de acordo com a composição de renda do contrato de crédito imobiliário.

    Fonte: CDN, em 27.05.2019.

  • bb seguros

    Proteção oferece suporte financeiro em um momento muito sensível na vida da mulher, que possibilita salvar, prolongar a vida ou ainda mitigar os danos causados pela enfermidade

    imagem bbseguros 08032019

    Resistência, resiliência e protagonismo têm marcado a vida das mulheres nos últimos anos. Muitas já comandam os lares brasileiros, o que mostra não apenas uma mudança no padrão de comportamento social, por aceitar um modelo menos tradicionalistas, mas, principalmente, uma mudança na percepção que as mulheres têm em relação a si e à sua posição dentro da família.

    Por sua importância como marco histórico da luta feminina por seus direitos e conquistas, o 8 de março tem a preocupação de trazer estatísticas importantes. Uma delas diz respeito à luta das mulheres que, anualmente, são identificadas com a neoplasia.

    O Brasil deve registrar este ano quase 600 mil novos casos novos de câncer de mama, repetindo a previsão de 2018, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Há um risco estimado de 56,33 casos a cada 100 mil mulheres.

    Embora o Sistema Único de Saúde (SUS) arque com todo o tratamento oncológico, outros fatores afetam o bolso de pacientes e familiares. O câncer é uma doença difícil de enfrentar e a maior parte das pessoas não está preparada financeiramente para cobrir essas despesas. Por esse motivo, tem crescido o interesse por estratégias preventivas que permitam reduzir o impacto financeiro que a doença traz.

    O benefício do seguro pode ser utilizado para diversos fins ou tratamentos que eventualmente não possam ser custeados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) ou não sejam cobertos pelos planos de saúde. É um valor que dá suporte em um momento muito sensível na vida da pessoa, que possibilita salvar, prolongar a vida ou ainda mitigar os danos causados pela enfermidade”, explica Karina Massimoto, superintendente de seguros de Pessoas da Brasilseg, uma empresa BB Seguros.

    Outro benefício do seguro lembrado por Karina é a possibilidade de utilização da indenização para cobrir os custos de procedimentos de fertilização, como por exemplo, o congelamento de óvulos, caso o diagnóstico ou tratamento de doença grave impossibilite a mulher de ter filhos naturalmente no futuro.

    No produto BB Seguro Vida Mulher Mais, comercializado pela empresa, a cobertura de Diagnóstico de Câncer de Mama e Ginecológico é básica e a paciente recebe apoio desde as primeiras suspeitas, quando já é possível contar com o encaminhamento dos exames para uma segunda opinião médica.

    Caso a doença seja constatada, a segurada recebe, em dinheiro, o valor da cobertura, permanecendo sem alteração os demais valores contratados. Com esse recurso, é possível pagar uma cuidadora, comprar remédios ou o que precisar.

    O produto pode ser contratado por clientes do Banco do Brasil com idade entre 18 a 70 anos via aplicativo, internet banking e agências bancárias.

    Sobre a Brasilseg

    Empresa da BB Seguros, holding que concentra os negócios de seguros do Banco do Brasil, a Brasilseg atua nos ramos de Vida, Habitacional, Rural e Massificados (Residencial, Empresarial e Condomínio) com produtos comercializados nas agências do BB e em seus canais digitais. Emprega 1.900 colaboradores, possui uma Central de Relacionamento e Negócios própria na cidade de Franca (SP) e ocupa o 8º lugar no ranking geral das seguradoras brasileiras.

    Fonte: CDN, em 08.03.2019.

  • bb seguros

    Dados da BB Seguros chamam a atenção para a importância da proteção conferida por uma apólice

    imagem bbseguros 20022019

    O seguro de vida é um grande apoio às famílias e dependentes nos casos de falecimento do segurado, mas também é um importante apoio financeiro em vida nos casos de invalidez.

    Segundo levantamento da BB Seguros, a partir dos avisos de sinistros de sua base de clientes, depois de morte, invalidez permanente por acidente é o segundo maior motivo de indenizações pagas pela seguradora.

    O dado revela a importância de contar com o seguro de vida. Mesmo quem não possui dependentes, encontra na apólice de seguro de vida o apoio financeiro para se restabelecer diante de situações que o impeçam de seguir a rotina, como a necessidade de deixar de realizar a atividade habitual de obtenção de renda, por exemplo”, explica Karina Massimoto, superintendente de Vida da Brasilseg, uma empresa BB Seguros.

    O direito à indenização por invalidez permanente por acidente ocorre nas situações de perda ou redução de mobilidade ou funcionalidade de membros ou órgãos do corpo em razão de lesões físicas, de acordo com os valores estabelecidos no contrato. Esta cobertura faz parte das coberturas básicas das apólices dos produtos BB Seguro Vida Completo, BB Seguro Vida Estilo e BB Seguro Vida Mulher Mais, que também contemplam indenização por Morte Natural ou Acidental, Auxílio-Funeral (AF), Diárias de Internação Hospitalar por Acidente (DIH-A) e Acessibilidade Física em caso de Invalidez Permanente por Acidente.

    Muita gente se questiona se deveria contratar um seguro de vida. Ele é importante para todas as pessoas, partindo do princípio de que todos estamos sujeitos a sofrer algum tipo de acidente ou imprevisto e precisaremos de recursos financeiros extras, tanto para gastos não previstos como para administrar o orçamento da casa pelo período em que for necessário interromper suas atividades”, explica Massimoto.

    Vale ressaltar que o seguro ainda conta com a cobertura de acessibilidade física em caso de invalidez superior a 50%. Nesses casos, o valor de indenização pode ser utilizado para a realização de tratamentos, com médicos especializados, por exemplo, ou para a realização de modificações na casa, no carro ou no dia-a-dia que permitam ou facilitem a mobilidade e tragam maior qualidade de vida ao segurado.

    A indenização também pode ser utilizada para a compra de equipamentos (cadeira de rodas, próteses) quando necessárias.

    A contratação desses produtos pode ser feita via aplicativo do Banco do Brasil, internet banking e agências bancárias.

    Fonte: CDN, em 20.02.2019.

  • bb seguros

    Nova funcionalidade do app do Banco do Brasil para os produtos BB Seguro Agrícola, BB

    Seguro Agrícola Faturamento e Penhor Rural permite a segurados comunicar e acompanhar em tempo real todas as etapas do processo de sinistro

    imagem bbseguros 13022019

    Com o objetivo de levar mais mobilidade e conveniência aos segurados, uma nova funcionalidade no aplicativo do Banco do Brasil permitirá aos clientes BB Seguros dos produtos rurais o registro de sinistros via mobile.

    A novidade, válida para as apólices de BB Seguro Agrícola, BB Seguro Agrícola Faturamento e Penhor Rural, dará aos clientes a possibilidade de comunicar o sinistro e acompanhar todas as etapas do processo em tempo real, serviços que anteriormente só podiam ser feitos por meio da Central de Relacionamento. Além disso, o envio da documentação também poderá ser feito no momento do comunicado. Tudo de forma eletrônica. Essa solução faz parte da estratégia de transformação digital da seguradora e uma das entregas, dentre diversas outras em andamento, cujo o foco é aprimorar a experiência do cliente e trazer mais agilidade e eficiência à operação.

    Nosso papel é sempre se colocar no lugar do cliente e trazê-lo para o centro das soluções desenvolvidas em conjunto com Negócio e Tecnologia. O cliente se beneficia com processos mais simples, rápidos e cômodos e, a empresa, com toda a transformação que os processos trazem, sobretudo a cultural”, afirma Marcelle Toscano, gerente executiva de Transformação Digital e Inovação da Brasilseg, uma empresa BB Seguros.

    A funcionalidade está disponível no aplicativo institucional do Banco do Brasil e é compatível com plataformas iOS (Apple) e Android (Play Store). Na ocorrência de sinistro, basta entrar no app e informar o CPF do segurado e o número da proposta de seguro.

    Disponibilizar o canal de relacionamento nos aplicativos móveis dá mais autonomia ao cliente e possibilita a melhora da experiência dele com a empresa e o produto, ao permitir maior agilidade na solução de suas necessidades. Esse aspecto é ainda mais relevante no segmento agrícola, onde normalmente os avisos de sinistro ocorrem em grande volume em curto espaço de tempo”, afirma Paulo Hora, superintendente técnico de seguros rurais da Brasilseg.

    Os resultados esperados são a desburocratização do atendimento – com mais serviços disponíveis ao consumidor – e a melhora da satisfação por meio de respostas mais rápidas às suas solicitações.

    Sobre a Brasilseg

    Empresa da BB Seguros, holding que concentra os negócios de seguros do Banco do Brasil, a Brasilseg atua nos ramos de Vida, Habitacional, Rural e Massificados (Residencial, Empresarial e Condomínio) com produtos comercializados nas agências do BB e em seus canais digitais. Emprega 1.900 colaboradores, possui uma Central de Relacionamento e Negócios própria na cidade de Franca (SP) e ocupa o 8º lugar no ranking geral das seguradoras brasileiras.

    Fonte: CDN, em 13.02.2019.

  • bb seguros

     Mostra, que reúne mais de 80 obras do artista, já foi vista por 830 mil pessoas em São Paulo, Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, onde permanece aberta à visitação pública até o dia 07

    Por mais um ano, projetos de grande interesse cultural patrocinados pela BB Seguros concorrem ao prêmio Melhores do Ano, do Guia Folha de S.Paulo.

    A mostra Jean-Michel Basquiat – obras da Coleção Mugrabi, que esteve em cartaz nos CCBBs de São Paulo, Brasília, Belo Horizonte e permanece em exposição no Rio de Janeiro até 07/01/2019, concorre ao título de Melhor Exposição 2018.

    Reunindo mais de 80 obras do artista nova-iorquino considerado atualmente um dos mais importantes artistas de ascendência afro-caribenha, a mostra já foi vista por 830 mil pessoas, em todas as cidades por onde passou.

    Em 2012, a exposição "Impressionismo: Paris e Modernidade" também ganhou o prêmio, como melhor exposição do ano. Em 2013, a mostra "Mestres do Renascimento – Obras-primas Italianas" foi reconhecida melhor exposição internacional pela Associação Paulista dos Críticos de Arte – APCA.

    Em 2017, outra exposição patrocinada pela empresa, a "Entre Nós – A Figura Humana no Acervo do Masp", foi a quarta colocada entre as 10 mais visitadas do mundo na categoria "Temáticas" pela revista britânica The Art Newspaper. Graças à exposição, o Brasil passou à 6ª posição geral na lista da revista, entre as 20 mostras mais visitadas em 2017.

    "Todas as indicações aos prêmios demonstram a relevância dos projetos para a sociedade. A gratuidade, acessibilidade e inclusão, presentes em nossos patrocínios, ratificam a nossa vontade de garantir o acesso à cultura a todos", afirma Fábio Mourão, superintendente executivo de Marketing, Clientes e Planejamento Comercial da Brasilseg, uma empresa BB Seguros.

    Os leitores podem escolher os melhores do ano até o próximo dia 25/12.

    Todas as indicações foram selecionadas pelo júri técnico do Guia e o resultado do Prêmio será publicado na edição de 28 de dezembro.

    Fonte: CDN, em 21.12.2018.