Produtos

  • Argo seguros

    A seguradora que mais comercializa seguros para bicicletas de alto valor agregado no Brasil – aqueles modelos entre R$ 2 mil e R$ 75 mil – acaba de superar a marca de 20 mil apólices. A Argo Seguros, que também possui um produto exclusivo para bikes elétricas, é a precursora nesse nicho.

    Criado em 2012, o Protector, plataforma digital de serviços e venda de seguros, conta com um produto para bicicletas que possui coberturas para roubo, furto qualificado (com vestígios), acidentes (inclusive em competições), danos durante o transporte e causados a terceiros. Vale ressaltar que apesar do medo de roubo e furto, os acidentes respondem por cerca da metade dos pedidos de indenização.

    No caso das bicicletas elétricas, o seguro é voltado para os modelos sem acelerador, com potência nominal abaixo de 800 watts, e sem sistemas que garantam o funcionamento do motor que não pelo pedalar do condutor. As coberturas oferecidas são para roubo e furto qualificado, acidentes e danos causados a terceiros (Responsabilidade Civil), e alcançam todo o território nacional.

    Além de um seguro completo, a contratação do Seguro Bike pelo Protector é feita de forma 100% online, onde o segurado pode fazer a contratação e escolher a opção de pagamento diretamente no site. Após o checkout é enviado a cópia da apólice por e-mail. Caso o segurado troque de bicicleta ou faça um “upgrade” da bike, a atualização do seguro é feito de forma igualmente online.

    A forma de contratação do seguro – tanto para as bikes convencionais de alto valor agregado, quanto para as bikes elétricas - é através do Protector Store. Na página é possível conhecer mais detalhes do produto, suas coberturas, vantagens e benefícios exclusivos, e até fazer uma simulação online.

    O mercado de seguros para bicicletas tem crescido muito, devido principalmente a necessidade de maior agilidade na mobilidade urbana em trechos curtos, resultante do trânsito caótico, especialmente nas metrópoles do país. Atualmente comercializamos cerca de mil apólices por mês, um volume muito bom para um produto de nicho como esse”, afirma Vanessa Oliveira, responsável pelo Argo Consumer Lines, nova vertical de negócios da Argo Seguros.

    Fonte: Pauta VIP, em 19.06.2019.

  • TokioMarine

    Responsabilidade Civil Familiar pode ser contratada adicionalmente e protege o Segurado em todo o território nacional

    O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) decidiu recentemente que condomínios não podem restringir que moradores tenham, em suas residências, animais domésticos como cães e gatos. A decisão, que se deu em um contexto de mudança cultural no qual os animais passam a ser vistos como integrantes do núcleo familiar e ocupam cada vez mais os lares brasileiros, fomenta a necessidade de uma modalidade de proteção que garanta a tranquilidade das pessoas para eventuais danos causados pelos bichos de estimação.

    Com o objetivo de desenvolver produtos que atendam às mais diversas necessidades de seus Clientes, a Tokio Marine, uma das maiores Seguradoras do País, oferece em seu Seguro Residencial a cobertura acessória de Responsabilidade Civil Familiar. Esta cobertura garante a indenização em caso de danos materiais e/ou corporais involuntários causados a terceiros pelo bichinho de estimação e até mesmo pelo próprio Segurado, cônjuges e filhos.

    "Essa é umas das coberturas mais abrangentes que oferecemos como adicional no portfólio de Seguro Residencial. Com amplitude nacional, além de cobrir os eventos ocorridos dentro do apartamento, casa ou condomínio, apólices com Responsabilidade Civil Familiar contemplam também os danos causados pelos animais ou pelos moradores do imóvel ocorridos fora da residência segurada como, por exemplo, em uma viagem de férias em qualquer lugar do país", afirma Arnaldo Bechara, Diretor de Precificação e Riscos Diversos Massificados da Tokio Marine.

    Ao contratar a cobertura de Responsabilidade Civil Familiar, o Segurado estará amparado desde situações corriqueiras como a queda de um objeto ou algum dano material provocado pelo animal de estimação, até contextos mais complexos como um ferimento físico causado por uma mordida, por exemplo.

    A cobertura está disponível nos produtos Residencial Premiado e Residencial Fácil da Tokio Marine.

    Fonte: RPMA, em 17.06.2019.

  • sompo

    Única seguradora a contar com estande no evento apresenta produto inovador que indeniza o segurado em caso de ocorrências, a exemplo dos custos com reparo ou reposição de próteses e cadeiras de rodas

    A Sompo Seguros, empresa do Grupo Sompo Holdings – um dos maiores grupos seguradores do mundo – leva à Reatech – Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade, o único seguro desenvolvido no Brasil que tem como objetivo atender a Pessoas com Deficiência (PcD) ou mobilidade reduzida, a exemplo de idosos, que necessitam de equipamentos de tecnologia assistiva. A companhia, única seguradora entre os expositores do evento, vai receber os visitantes em seu estande (localizado na Rua 200, nº 217 A) para apresentar o Seguro Equipamentos de Mobilidade, que indeniza o custo com reparos ou reposição de equipamentos tais como cadeiras de rodas, triciclos com propulsão pelas mãos e próteses em caso de ocorrências de causa externa, a exemplo de quedas, impactos, colisões, atropelamentos, assaltos à mão armada etc.

    A Sompo tem como Missão ‘Gerar bem-estar e proteção à sociedade provendo serviços da mais alta qualidade’. Com base nessa premissa, nossa área de Inovação desenvolveu o produto, que já foi reconhecido com premiações em nosso segmento de atuação”, lembra Marcio Martinati, superintendente da Sompo Seguros responsável pela área de Equipamentos de Mobilidade.

    Além de ser o primeiro seguro com esse tipo de cobertura no Brasil, o seguro Equipamentos de Mobilidade também é o primeiro produto da Sompo em todo o mundo com essas características. Com o lançamento do produto, a Sompo também estabeleceu uma parceria com a AACD – Associação de Assistência à Criança Deficiente, que conferiu à seguradora o selo Empresa Parceira da AACD.

    Além das coberturas, o produto conta com um Plano de Assistência 24 horas com serviços voltados a atender às necessidades específicas de PcDs ou com mobilidade reduzida. Entre os serviços estão: Taxi Emergencial, Despesas Médicas por Acidente, Rede de Cuidadores, Recolocação Profissional, Concierge especializado no atendimento de PcD, Courrier, entre outros. O Plano de Assistência 24 horas conta ainda com serviços como Chaveiro, Conserto de Linha Branca, Reparos Elétricos, Reparos Hidráulicos, Consultoria de Marceneiro, Consultoria de Serralheiro, Troca de Chuveiro, Check-up do Lar e até Apoio Emocional

    O Sompo Equipamentos de Mobilidade

    O Sompo Equipamentos de Mobilidade foi criado a partir do trabalho desenvolvido pela área de Inovação da Sompo. Os agentes de inovação da companhia mapearam que não havia no mercado um seguro que atendesse as reais necessidades de Pessoas com Deficiência (PcD) ou mobilidade reduzida. Com isso, a companhia lançou o Sompo Equipamentos de Mobilidade, que teve seu reconhecimento por meio do Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros, conferido pela Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização-CNseg, na categoria “Produtos e Serviços”.

    Serviço

    Reatech – Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade
    Data: de 13 a 16 de junho de 2019
    Horários: 13 e 14, das 13h às 20h | 15 e 16, das 10h às 19h00
    Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center
    Endereço: Rodovia dos Imigrantes, KM 1,5 – Água Funda, São Paulo

    Sobre a Reatech

    Organizada e promovida pela Cipa Fiera Milano, a Reatech – Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade é considerada a principal feira do setor na América Latina. A cada edição, reúne cerca de 300 expositores dos segmentos de agências de emprego voltadas para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, instituições financeiras, fabricantes de cadeiras de rodas, departamentos de recursos humanos, indústrias farmacêuticas, indústrias dos segmentos de animais treinados, veículos adaptados para deficientes físicos (carros, ônibus, vans), fabricantes de aparelhos auditivos, equipamentos especiais, materiais hospitalares, higiene pessoal, próteses e órteses, terapias alternativas, turismo e lazer.

    Fonte: Sompo, em 13.06.2019.

  • porto seguro

    Os meses de junho e julho são movimentados com as festas regionais, o que proporcionam uma ótima oportunidade para os Corretores

    Chegou o período das tradicionais festas juninas no Brasil e, além do quentão, das comidas típicas e das quadrilhas de dança, os Corretores podem aproveitar as datas comemorativas para impulsionar as vendas do seguro de eventos. A Porto Seguro conta com esse tipo de serviço em seu portfólio e esse é o momento ideal para potencializar a venda deste produto.

    Jarbas Medeiros, superintendente de Ramos Elementares da Porto Seguro, ressalta a importância deste tipo de seguro para os eventos que acontecem nos meses de junho e julho.

    As festas juninas são uma marca do país, ficando atrás apenas do carnaval dentre as maiores festas populares do Brasil. Isso só reforça a importância de oferecermos esse tipo de seguro personalizado e de excelente custo-benefício para quem contrata. O preço deste seguro é bastante acessível e sua cobertura oferece uma série de vantagens que podem ser essenciais para quem está organizando esse tipo de festa”.

    Dentre as vantagens do produto, estão as seguintes coberturas:

    > Responsabilidade Civil Organizador: para danos corporais ou materiais causados a terceiros em acidentes relacionados à organização do evento;

    > Responsabilidade Civil para o Fornecimento de Bebidas e Comestíveis: para danos causados a terceiros, desde que o fornecimento seja feito por empresas contratadas pelo segurado;

    > Responsabilidade Civil para o uso de Fogos de Artifício: para danos materiais ou corporais involuntários, causados a terceiros por acidente com a utilização de fogos durante a festa junina;

    > Instalação, Montagem e Desmontagem: para danos materiais ou corporais causados a terceiros e empresas contratadas pelo segurado para ações relacionadas à estrutura temporária necessária à realização do evento;

    > Acidentes Pessoais: garante o pagamento de despesas em mortes acidentais ou invalidez permanente total ou parcial, em acidentes durante o evento segurado, além de despesas médicas, hospitalares e odontológicas.

    Essas e outras coberturas estão disponíveis para todo o Brasil e o processo de contratação é ágil e personalizado. Para mais informações, acesse www.portoseguro.com.br

    Fonte: Imagem Corporativa, em 13.06.2019.

  • AIG Logo

    imagem aig 12062019

    De maio a julho, corretores de Londrina (PR), Goiânia (GO), Ribeirão Preto (SP) e Salvador (BA) participam de treinamentos exclusivos com especicalistas da AIG sobre os diferentes riscos e modalidades de coberturas a equipamentos pesados utilizados na construção civil e atividades agroflorestais. A expectativa é ter mais de 400 profissionais capacitados sobre os Seguros Equipamentos para Linha Amarela e Linha Verde.

    Nossa proposta é mostrar aos corretores e assessorias parceiras mais uma oportunidade de diversificar o portfólio e ampliar seus negócios com a AIG. É importante que eles estejam cada vez mais conscientes sobre os riscos dos diferentes segmentos que atuamos e, nessas regiões, a construção civil e o agronegócio são importantes motores da economia local”, explica Martin Molla, líder do Setor de Transportes (Marine) na AIG.

    Durante o treinamento, Molla compartilha sinistros reais relatados por clientes segurados AIG e como a cobertura do seguro contribui para minimizar o impacto do dano. Dentre os exemplos de eventos de sinistros, ressalta o tombamento de uma máquina niveladora durante uma obra de instalação de rede de esgoto. O equipamento teve danos em sua estrutura externa, danos elétricos por alagamento e passou também por uma revisão geral para o retorno às suas atividades e recebeu quase R$ 100 mil de indenização.

    Além da cobertura por acidentes, como no caso acima, os Seguros Equipamentos AIG cobrem danos de causas externas incluindo incêndio, desmoronamento total ou parcial do local onde estava o equipamento, roubo e furto qualificado, eventos da natureza, e outros ocorridos durante sua operação, estadia e transporte/traslado, conforme as condições gerais.

    Também é importante considerar a possibilidade da inclusão da cobertura de Responsabilidade que nesses casos, visa amparar danos a terceiros, pois acidentes com maquinários pesados podem afetar pessoas e bens de terceiros, daí a importância de contar com a cobertura adicional. Por um problema no manuseio de um rolo compressor durante um reparo de solo, a máquina ficou desgovernada e atingindo um carro e uma casa, que teve parte de sua estrutura destruída devido ao peso e velocidade da máquina. O incidente ocasionou o acionamento da cobertura básica do seguro para Equipamentos e da apólice de RC, com indenização de R$ 64 mil.

    Conseguimos customizar as apólices de acordo com as características e atividade do segurado. Ou seja, incluindo coberturas adicionais destinadas a equipamentos arrendados e àqueles que podem ser alugados a terceiros, inclusive para amparar perdas e falta de pagamento. Outro diferencial do produto é a possibilidade de contração da cobertura para operações em proximidade da água e içamento do equipamento”, completa Molla, ao destacar os diferenciais da AIG aos corretores parceiros.

    Os treinamentos a corretores realizados pela AIG são eventos presenciais exclusivos a parceiros da seguradora. Para mais informações sobre os Seguros Equipamentos e treinamentos online, acesse o Portal do Corretor AIG.

    Fonte: CDI, em 12.06.2019.

  • zurich logo

    Entre os diferenciais da cobertura estão assistência 24 horas e parceria com rede de oficinas especializadas. Com o lançamento do produto, a seguradora atenderá a crescente frota brasileira de carros elétricos e híbridos que hoje é de pouco mais de 7 mil e deve chegar a 100 mil em 2026, segundo Anfavea

    A Zurich, seguradora global com mais de 80 anos de atuação no mercado brasileiro, anuncia hoje oficialmente que passa a oferecer seguro para carros elétricos e híbridos (tecnologia que combina motor a combustão com elétrico) com cobertura em todo território nacional. A Zurich é uma das pioneiras a oferecer esse tipo de seguro no Brasil – na Europa a seguradora já comercializa em Portugal, Suíça e Inglaterra, por exemplo.

    Usamos a expertise que o Grupo Zurich já tem na Europa para desenvolver um produto local. Estamos em constante contato com os demais países onde atuamos. Em Portugal, nossa inspiração principal, a cobertura foi lançada em 2018”, conta Priscilla Magni, superintendente de Automóvel da Zurich.

    O uso de veículos elétricos e híbridos vem aumentado no Brasil e sabemos que esse é o futuro. O novo seguro vai de encontro com a estratégia de inovação da Zurich e as visões de longo prazo e de sustentabilidade da companhia”, completa. A novidade foi anunciada no CQCS Insurtech & Inovação 2019, que conta com patrocínio e participação da Zurich. O evento começou hoje (12) e segue até amanhã (13), em São Paulo.

    A superintendente de Automóvel da Zurich explica que as coberturas têm alguns diferenciais, entre eles assistência 24 horas; parceria com rede de oficinas especializadas em carros elétricos e híbridos; e cobertura para os cabos de carregamento (opcional). Já as demais coberturas para casos de colisão, roubo e incêndio são semelhantes às do seguro de automóvel convencional (abastecidos com combustível).

    Ela também conta que o preço do seguro para carro elétrico é competitivo e bem similar ao valor do seguro para veículo convencional, e pode variar de acordo com o perfil do cliente e o modelo do automóvel. “Os carros elétricos e híbridos são pequenos, ágeis e têm boa aceitam na geração millennial”, afirma Priscilla. Sobre a expectativa de procura por esse novo seguro, o executivo está confiante que haverá uma grande procura conforme amplie a frota de carros elétricos no país.

    Frota de carro elétrico e híbrido no Brasil

    Segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), circulam cerca de 7.120 carros elétricos e híbridos hoje no Brasil. E dados da Anfavea – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores mostram que a venda de carros elétricos ou híbridos representa 0,05% do total de veículos comercializados no país. A previsão é que esse índice passe para 2,5% em 2026, quando a expectativa é a de ter 100 mil elétricos nas ruas brasileiras.

    Com isso, essa frota brasileira seguirá uma tendência mundial. Um recente levantamento da Bloomberg New Energy Finance (BNEF) aponta que os veículos elétricos devem passar de 2 milhões para 56 milhões de unidades até 2040, o que constituirá mais da metade da frota de veículos no mundo. No ano passado, a projeção da BNEF era de que os modelos movidos a eletricidade pudessem representar 55% das vendas dos veículos de passeio. Já neste ano, a estimativa é de que esse número passe para 57% em duas décadas.

    Fonte: Conteúdo, em 12.06.2019.

  • porto seguro

    Companhia amplia seu portfólio com dois novos produtos e reforça sua atuação no segmento

    A Porto Seguro lançou na última sexta-feira, 7 de junho, novos produtos do ramo de Responsabilidade Civil, a fim de atender à necessidade crescente de milhões de profissionais de pequenas e médias empresas, amparando-os em diversas situações de imprevistos da profissão.

    Os produtos RCP (Responsabilidade Civil Profissional) e D&O (Responsabilidade Civil para Administradores e Diretores) estão disponíveis em todo o país e prontos para serem comercializados pelos Corretores, por meio da plataforma de cálculo da Cia.

    Responsabilidade Civil Profissional

    O seguro irá amparar 25 profissões, dentre elas os profissionais da área da saúde, engenheiros, arquitetos, advogados, contadores e corretores de imóveis. A procura deste tipo de seguro aponta crescimento nos últimos anos e oferece às atividades profissionais, de pessoas físicas e jurídicas, a tranquilidade e a proteção necessária em caso de prejuízos por reparação de perdas e danos causados a terceiros durante a atividade profissional.

    A cobertura básica visa amparar reclamações de terceiros vinculadas a atos danosos ocasionados pelo segurado (profissional) na sua prestação de serviço, inclusive danos morais, custos em sua defesa e também restituição de imagem, onde a seguradora pagará os custos de um plano para restituir a imagem do profissional, caso necessário.

    Responsabilidade Civil para Administradores e Diretores (D&O)

    Recentemente, o seguro D&O ganhou notoriedade no mercado pela importância desta modalidade na segurança e na adoção de boas práticas de governança corporativa. Visando atender essas necessidades, o produto disponibiliza uma solução que garante proteção e tranquilidade para executivos e administradores de empresas de pequeno e médio porte.

    Dentre as principais coberturas estão as situações judiciais, extrajudiciais e indenizações sobre a responsabilidade pelos atos de gestão, evitando que o patrimônio pessoal do executivo seja utilizado como pagamento de custos de defesa e indenizações. E ainda conta com coberturas adicionais, que estendem algumas garantias para a pessoa jurídica.

    Mais informações sobre os novos produtos podem ser consultadas nos sites https://www.portoseguro.com.br/rcprofissional (para o Responsabilidade Civil Profissional) e https://www.portoseguro.com.br/administradores (para o D&O).

    Fonte: Imagem Corporativa, em 10.06.2019.

  • bb seguros

    BB Seguros esclarece sobre as principais coberturas do produto e ocasiões em que ele pode ser acionado

    imagem bbseguros 27052019

    O seguro habitacional é um velho conhecido de quem tem imóvel financiado, mas o que pouquíssimas pessoas sabem é descrever as coberturas que o produto oferece em caso de problemas com a casa ou apartamento.

    O contrato tem como principal objetivo garantir a integridade do bem perante a instituição de crédito que o financiou e pode ser acionado se ocorrer problemas estruturais à construção. Trata-se da cobertura de Danos Físicos ao Imóvel (DFI).

    O valor da indenização, em caso de sinistro, é equivalente ao valor necessário à reconstrução do imóvel, limitado à importância segurada contratada. Estão garantidos pelo DFI a indenização nos casos de incêndio, queda de raio, explosão, vendaval, desmoronamento total ou parcial de vigas, paredes ou parte estrutural do imóvel, ameaça de desmoronamento, destelhamento causado por ventos fortes ou granizo, inundação decorrente do transbordamento de rios, alagamento provocado por chuva ou rompimento de canos e tubulações não pertencentes ao imóvel.

    À exceção de incêndio, queda de raio e explosão, a garantia DFI se refere a danos causados ao imóvel por fatores externos. O seguro paga as despesas para a recuperação do imóvel, mas não contempla as perdas e danos sofridos pelos pertences em seu interior”,explica Wady Cury, superintendente de seguros habitacionais da Brasilseg, uma empresa BB Seguros.

    Apesar de pouco recorrentes, acidentes envolvendo construções também podem acontecer. Desde rachaduras até situações complexas, como desmoronamentos, que exigem a desocupação do imóvel, o seguro habitacional pode ser acionado.

    Em casos extremos, onde há interdição do imóvel pela defesa civil ou por recomendação do perito da seguradora, nas situações em que há risco de vida ou inacessibilidade, os encargos mensais do financiamento, assim entendidos como as prestações do crédito imobiliário, podem ser também reembolsadas pelo seguro. Quando o imóvel financiado precisa ser desocupado, o segurado pode ter as prestações mensais reembolsadas pela companhia seguradora, até que a liberação do imóvel ocorra", explica Cury.

    Outra cobertura importante do produto Habitacional é a de Morte e Invalidez Permanente (MIP) do proprietário do imóvel financiado, que quita o saldo devedor do financiamento, de acordo com a composição de renda do contrato de crédito imobiliário.

    Fonte: CDN, em 27.05.2019.

  • essor logo

    imagem essor 24052019

    Café de negócios com palestras para corretores de seguro náutico

    Além do networking, o café de negócios proporcionou um debate sobre tendências de mercado e a realização de palestra sobre as vantagens da operação do seguro náutico.

    O encontro entre as empresas parceiras no seguro náutico e os corretores especialistas no ramo foi realizado em 22 de maio, no Centro Cultural da Marinha.

    A parceria firmada em 2018, neste importante segmento, visa proteger veículos náuticos de recreação, como veleiros e lanchas. São cerca de 30 mil embarcações desse tipo no Brasil, sendo 70% da frota segurada concentrada no eixo Rio – São Paulo. Regiões com alta concentração de veleiros e lanchas, como Santa Catarina e Rio Grande do Sul, seguem sem cobertura.

    Durante o evento, o CEO da Essor, Fabio Pinho, fez questão de registrar “o quanto é importante para a Essor estar próxima dos corretores especializados no seguro para embarcações, que prestigiaram com suas presenças o café da manhã”.

    Fonte: VTN, em 24.05.2019.

  • porto seguro

    Produto oferece proteção aos segurados em diversas situações

    O seguro residencial é essencial para aqueles que procuram proteção para o lar, independente do momento. Necessário em diferentes situações, o seguro traz tranquilidade para os moradores em casos de imprevistos. Para o gerente da Porto Seguro Sucursal Minas Gerais, Wesley Andrade, a população está mais consciente em relação a sua importância.

    "Registramos um aumento de 13% na contratação do seguro residencial no primeiro trimestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2018, o que mostra que as pessoas estão mais conscientes e interessadas nesse tipo de seguro, que é importante para diferentes momentos da vida do segurado, ajudando-o a manter o patrimônio conquistado em situações inesperadas", afirma.

    Com coberturas contra incêndios, danos elétricos em bens e instalações, como em caso de curtos circuitos originados por queda de raios ou variação de tensão na rede de energia, o Porto Seguro Residência oferece diferentes coberturas de acordo com as necessidades do cliente. "É importante que o consumidor converse com o seu Corretor de confiança para adquirir o seguro que mais se adeque ao seu perfil", orienta Wesley.

    Além disso, a Porto Seguro oferece proteção em casos de ventos fortes ou chuva de granizo, danos causados a terceiros, como um vazamento na sua casa que afete o imóvel vizinho ou mesmo objetos quebrados pelo seu filho em lojas. O segurado conta também com serviços como chaveiro, encanador e eletricista, entre muitos outros serviços disponíveis.

    Independente do produto escolhido é essencial a proteção da residência para obter tranquilidade e amparo em diferentes situações. Wesley reforça que o seguro garante também auxílio para diferentes momentos do dia a dia, "nem sempre nossos cuidados são suficientes, o seguro residencial facilita o dia a dia, desde o reparo de eletrodomésticos até a guarda de animais domésticos, sempre oferecendo um profissional especializado à disposição do segurado", finaliza.

    Fonte: Pessoa Comunicação, em 24.05.2019.

  • Contratação está disponível agora em SP, PR, RS, MG e o DF, dentro das coberturas adicionais do seguro Residencial; RJ e SC já contavam com proteção

    imagem sulamerica 23052019

    Após um projeto piloto em Santa Catarina e no Rio de Janeiro, a proteção contra roubo e furto de bicicletas da SulAmérica – maior seguradora independente do País – chega agora a São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Distrito Federal. A cobertura, chamada de "Proteção para Bikes" e que integra as garantias adicionais do seguro Residencial, oferece indenização em caso de ocorrências dentro e fora da casa do cliente que envolvam bicicletas, inclusive elétricas, avaliadas entre R$ 2,5 mil e R$ 50 mil.

    "A utilização de bicicletas se tornou uma febre nas ruas, seja para lazer ou fins profissionais. Não à toa, a produção no Brasil teve um salto importante de 15,9% em 2018, segundo a Abraciclo, e as projeções para este ano são animadoras. Considerando o surgimento de novos hábitos de vida e de locomoção, trabalhamos em um produto que atende ao público que vê sua bicicleta como um bem valioso", declara o vice-presidente de Auto e Massificados da SulAmérica, Eduardo Dal Ri.

    A SulAmérica também conta com a cobertura de Responsabilidade Civil na proteção para bikes. Esta proteção garante assistência em caso de danos causados pelos condutores de bikes a terceiros. O seguro também garante cobertura para a bicicleta em caso de acidente com o veículo que eventualmente a estiver transportando.

    O "Proteção para Bikes" foi lançado pela companhia em novembro de 2018, com foco nos clientes de Santa Catarina e do Rio de Janeiro. O produto surgiu em linha com uma expansão do uso de bicicletas no Brasil – segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), há mais de 70 milhões de usuários de bikes no País.

    Assistência Bike

    Além do "Proteção para Bikes", a SulAmérica traz em seu portifólio o Assistência Bike, que integra o Plano Superior de Assistência 24 horas do seguro Residencial. Lançado há dois anos e diferente da proteção contra roubo e furto, este serviço garante manutenção em itens essenciais das "magrelas", como freios, a substituição ou reparo de correntes e pneus e instalação de acessórios como bagageiro, cesta, cadeirinha infantil e banco.

    Fonte: Weber Shandwick, em 23.05.2019.

  • essor logo

    Expertise dos parceiros trará expansão ao segmento com mais segurança, tecnologia e muitos diferenciais

    imagem essor 23052019

    A união de duas forças importantes no mercado nacional sempre traz resultados bastante significativos. Em coquetel realizado em 22 de maio, no Sky Hall Terrace Bar (São Paulo), a Essor e a ASAS Consulting comemoraram uma parceria firmada em abril para operar na área de seguros aeronáuticos diferenciados. Executivos das duas empresas, profissionais do setor e convidados prestigiaram o evento.

    A expertise internacional em seguros e resseguros da Essor e o conhecimento da ASAS em mercado de riscos complexos irão propiciar a criação de produtos sob medida para aeronaves agrícolas, experimentais e de pequeno e médio portes, além de táxis aéreos. “Buscamos parcerias que fazem a diferença. O sucesso será indiscutível”, garantiu o diretor-presidente da Essor, Fabio Pinho.

    Segundo o CEO da ASAS, Marcelo Assumpção, a empresa atua nos moldes de uma agência de subscrição de risco. A parceria com uma seguradora reconhecida mundialmente, segundo ele, traz solidez ao negócio. “Vamos desenvolver um trabalho que envolve contatos com corretores, subscrição do risco, precificação e regulação”, revelou. Assumpção disse ainda que sua missão é oferecer ações inteligentes para a companhia.

    Pinho, por sua vez, observou que a Essor busca parceiros que tragam expertise em um mercado extremamente comercial. “As seguradoras, hoje, se esquecem da parte técnica porque estão muito mais preocupadas em vender do que olhar os riscos e a atender bem o cliente”, ressaltou. Na visão do executivo, o trabalho conjunto irá trazer importantes melhorias quanto à qualidade técnica do mercado de (re)seguros nos ramos aeronáutico e de RD (riscos diversos). Ao final do evento, Pinho entregou a Assumpção uma placa simbólica da parceria. “Vamos decolar para novas conquistas”, concluiu o presidente da Essor.

    Sobre a Essor Seguros 

    A Essor Seguros iniciou suas operações no Brasil no final de 2012, com o propósito de atender a demanda no mercado de seguros por produtos diferenciados e inovadores, capazes de impulsionar o setor. A companhia foi criada para ser uma empresa de atuação nacional e investimentos focados no mercado brasileiro. Integra o Grupo SCOR Re, de origem francesa, uma das maiores resseguradoras do mundo, de atuação global.

    Fonte: VTN Comunicação, em 23.05.2019.

  • omint saude seguros

    Omint orienta viajantes sobre condutas a serem adotadas antes e durante o check-in e como proceder em casos de extravio de bagagens

    Bagagens de mão em voos nacionais que ultrapassarem o peso e altura determinados pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) serão despachadas nos check-ins das principais companhias aéreas do país, acarretando custos ao viajante. A boa notícia é que com informação e alguns cuidados, dá para evitar surpresas antes do embarque.

    "Uma maneira de evitar esse custo extra é se atentar a mudança e, acima de tudo, saber que, em todas as passagens, valem as regras do contrato com a operadora do voo", afirma Fabio Pessoa, Head do segmento de Seguro Viagem na Omint.

    A obrigatoriedade do despacho de bagagem de mão fora do padrão entrou em vigor em 25 de abril nos aeroportos Juscelino Kubitschek, em Brasília; Afonso Pena, em Curitiba; Viracopos (Campinas) e no Aluísio Alves, em Natal. A partir de 23 de maio, bagagens de mão maiores e mais pesadas serão despachadas em outros dez aeroportos do país, listados no site da Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas). Gol, Azul, Avianca e Latam vão fazer as cobranças que começam a partir de R$ 59.

    O que vai mudar no check-in?

    A partir de agora, os passageiros devem levar em consideração as medidas e o peso máximo para bagagens de mão para voos nacionais e internacionais para evitarem qualquer tipo de contratempo no embarque. Importante ressaltar que elas podem variar conforme a companhia aérea:

     

    Bagagem de Mão Dimensões Peso
    Voos Nacionais 55 cm x 35 cm x 25 cm 10 kg
    Voos Internacionais 55 cm x 40 cm x 20 cm 10 kg

     

    Para reforçar as mudanças de procedimento nos aeroportos, a Abear criou uma campanha informativa nos 15 aeroportos fiscalizando o tamanho e peso das bagagens e orientando sobre a alteração que viria, entre os meses de abril e maio. O objetivo da mudança, segundo a associação, é agilizar o fluxo de clientes nas áreas de embarque, trazendo mais conforto a passageiros e evitando atrasos. Isso porque, desde o início da cobrança pelas bagagens despachadas, aumentou o número de viajantes com bagagens de mão fora dos padrões exigidos.

    O que muda na compra da passagem?

    De acordo com o executivo da Omint, o viajante deve saber o que está sendo oferecido pela companhia área antes mesmo de comprar a passagem para evitar surpresas desagradáveis. "Ao comparar os preços das passagens, o cliente tem que levar em consideração o peso, as dimensões, ou a quantidade de bagagem de mão e despachada permitida em cada tarifa. Muitas vezes o barato pode sair caro e, por isso, é primordial ler tudo com atenção para saber exatamente que tipo de passagem ele está comprando".

    Uma vez comprada a passagem, o viajante também deve estar a par dos contratempos que podem acontecer com suas malas durante sua viagem, como extravios e avarias. "Caso haja extravio, é importante que o cliente informe o ocorrido à empresa aérea, assim que constatar sua falta. Essa comunicação deve ser feita junto aos meios de contato disponíveis da empresa aérea ou de sua representante, de preferência na sala de desembarque ou em local indicado por ela", comenta Pessoa.

    Avaria e extravio de bagagem: recorra ao um seguro viagem

    O Seguro Viagem Omint realiza integralmente a ponte entre segurado e companhia aérea em caso de demora e extravio. "Vale ressaltar que o extravio é formalizado pelo seguro apenas após o reconhecimento pela companhia aérea. Sendo ela responsabilizada ou não, a Omint Seguro Viagem apresenta o diferencial de realizar a cobertura completa, com indenização total e atendimento altamente qualificado nesses momentos delicados", esclarece o executivo.

    É aconselhável que o viajante sempre leve uma bagagem de mão com uma muda de roupas limpas, medicamentos e itens de higiene pessoal para ter como suprir necessidades básicas em caso de extravio. "Além disso, conforme as próprias orientações de segurança dos aeroportos, não é indicado despachar na mala celulares, eletrônicos portáteis, celulares, joias, dinheiro, cartões de crédito ou mesmo objetos de valor. Eles aparecem no raio-x e podem chamar a atenção de contraventores", finaliza Pessoa.

    Sobre a Omint

    A Omint iniciou suas operações no Brasil em 1980, com o lançamento do primeiro plano de saúde voltado ao segmento de alto padrão do país, setor em que hoje é líder de mercado. A Omint Saúde está entre as 500 maiores empresas do país, ocupando a 11ª posição em saúde, de acordo com o ranking Exame Melhores e Maiores|2018.

    O Grupo Omint atua no segmento de viagem desde 2011, sendo parceira da IAG (International Assistance Group), considerada a mais completa associação de empresas especializadas em assistência em viagem pelo mundo. Posteriormente, com a Omint Seguros, passou a comercializar apólices individuais e coletivas para empresas - além de passar a operar no ramo de seguro de pessoas, comercializando seguros de vida em grupo e individual.

    O Grupo Omint faturou R$ 1,5 bilhão em 2018, resultado de crescimento orgânico e sustentável..

    Fonte: Ideal H+K, em 08.05.2019.

  • essor logo

    As empresas preveem diferenciação e especialização nestes segmentos

    imagem essor 29042019

    A ESSOR Seguros está pronta para entrar em dois novos segmentos: o de seguros aeronáuticos e o de seguros para equipamentos diversos. Trazendo ao mercado uma série de novos produtos, a companhia une a sua expertise internacional em linhas de negócios especiais ao conhecimento técnico e diferenciado da ASAS nessas áreas, que já atua neste mercado há vários anos.

    Buscamos negócios ou parceiros distintos com capacidade técnica em cada segmento e obstinadamente a procura de entender e trazer soluções nas atividades que pretendemos atuar. Nos orgulha em iniciarmos a operação com a ASAS nos segmentos aqui citados”, afirma Fabio Pinho, Diretor-Presidente da ESSOR Seguros.

    No ramo Aeronáutico, as parceiras lançam 3 produtos: o seguro Casco, que garante proteção contra danos à aeronaves; o seguro RETA (Responsabilidade do Explorador e/ou Transportador Aéreo) e o seguro de Responsabilidade Civil Hangar, voltado à empresa administradora do hangar em caso de ser responsabilizada civilmente por algum dano.

    Incluindo todas as suas modalidades, esse mercado apresentou, em 2018, R$ 352 milhões em volume de prêmios emitidos. Entendemos que o ramo irá evoluir nos próximos anos, acompanhando o crescimento econômico”, afirma o CEO da ASAS, Marcelo Assumpção. Ele destaca que o país tem uma das maiores frotas do mundo, com cerca de 22 mil aeronaves registradas, sendo sua ampla maioria utilizada na aviação privada. “A ASAS já opera nestes segmentos e visa trabalhar ao lado do corretor de seguros com soluções diferenciadas e sob medida, tendo um preço justo, equilibrado e ampla gama de coberturas”, complementa o executivo da ASAS.

    Temos inclusive uma grande expertise na aviação geral, onde podemos destacar nosso amplo conhecimento na subscrição de aeronaves antigas, experimentais e drones”, vislumbra também. O executivo, em conjunto com Leandro Poli, CUO da ESSOR, complementa: “cabe ainda ressaltar a importância social e econômica do seguro RETA, um seguro obrigatório que dá proteção a passageiros, tripulantes e pessoas em solo, entre outros”.

    Já no segundo segmento que atuarão, denominado de Riscos Diversos, a seguradora oferece cobertura para danos como incêndio, roubo e acidente a vários tipos de equipamentos, como os utilizados para construção, por médicos, hospitais e ainda os especiais utilizados na linha agrícola, como colheitadeiras acima de 5 anos e de alto valor.

    Especializada na subscrição de determinadas linhas de negócios, a ASAS já trabalha junto à ESSOR no segmento de seguros de Propriedades e, agora, compartilha sua ampla experiência e seus canais de distribuição nesta nova empreitada. O potencial é grande: “no primeiro ano de operação, estimamos alcançar R$ 40 milhões em prêmios emitidos”, prevê o executivo.

    Fonte: VTN, em 29.04.2019.

  • imagem porto seguro 24042019

    Fonte: Imagem Corporativa, em 24.04.2019.

  • mapfre

    Além de garantir a integridade das pistas, as apólices contribuem para a segurança dos usuários durante a viagem

    As rodovias são responsáveis pelo escoamento de 60% das cargas transportadas entre os estados brasileiros e até mesmo para países fronteiriços. Por elas acontecem ainda 90% dos deslocamentos de passageiros, sejam a trabalho ou passeio, segundo dados da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), que comprovam o quanto os trajetos por terra são importantes à economia e ao turismo, o que torna a integridade das autopistas ainda mais fundamental.

    E quando se trata de manter o trânsito fluindo de forma segura, não são só os carros, motocicletas, ônibus e caminhões que circulam pelas rodovias pelo Brasil à fora que precisam estar segurados. As rodovias também devem contar com suas próprias apólices.

    Segundo o diretor responsável pela área de Grandes Riscos da MAPFRE Brasil, Jonson Marques de Sousa, esse tipo de dispositivo é tão importante ao usuário final das pistas quanto para as concessionárias responsáveis. "O seguro pode ser preponderante em eventos da natureza com impactos à via, contribuindo para o rápido restabelecimento do trecho. Já quando um veículo é danificado em decorrência da rodovia, a ocorrência pode ser cabível de indenização. Em ambos os casos, contar com uma seguradora oferece mais conforto e segurança aos usuários", avalia.

    A MAPFRE é líder na comercialização de produtos de Grandes Riscos, nos quais os contratos rodoviários se enquadram. Dentro desta categoria são oferecidos:

    - Seguros para Danos Materiais, que indenizam danos materiais diretos sofridos pelos bens segurados por qualquer causa acidental que não tenha sido expressamente excluída no contrato de seguro;

    - Responsabilidade Civil do Segurado, que atribui obrigação legal do segurado em indenizar um usuário que tenha tido prejuízos materiais e corporais causados diretamente pelas atividades, existência, uso e conservação das rodovias;

    - Seguro Garantias, que ampara o eventual descumprimento de obrigações de pagamentos de outorga fixo, variável (obrigações solicitadas pelo órgão regulador competente para que a empresa possa atuar como concessionária) e de execução de obras de ampliação e melhorias.

    Sobre a MAPFRE

    No país desde 1992, a MAPFRE é um grupo multinacional que forma uma das maiores companhias de prestação de serviços nos mercados segurador, financeiro e saúde. Sólida e inovadora, está presente nos cinco continentes e conta com mais de 35 mil colaboradores. Em 2018, suas receitas atingiram cerca de 27 bilhões de euros, e o lucro líquido foi de 529 milhões de euros. Especialista nas suas áreas de negócio, a MAPFRE opera com bases de atividades sustentáveis e, no Brasil, atua em seguros, investimentos, consórcios, capitalização, previdência, saúde e assistência. A companhia ainda mantém a Fundación MAPFRE, instituição sem fins lucrativos, que promove e desenvolve atividades de interesse geral da população. Mais informações sobre produtos e soluções: www.mapfre.com.br.

    A MAPFRE Seguros possui um dos mais amplos portfólios de produtos do mercado, com proteções para todas as necessidades dos clientes nos segmentos de auto, grandes riscos, habitacional, massificados e rural. A companhia conta com mais de 19 mil corretores e 75 sucursais com presença em todo o território nacional.

    Fonte: CDN, em 24.04.2019.

  • TokioMarine

    Seguradora é a primeira a operar o produto nesse novo modelo, que pode ser até 30% mais barato que os seguros tradicionais

    A Tokio Marine, uma das maiores Seguradoras do País, é a primeira do mercado a oferecer o Auto Popular para automóveis novos (zero-quilômetro) ou com até 25 anos de uso. Com a mudança, a Seguradora passa a ter 126 modelos elegíveis e mais de 3 mil versões, incluindo novos caminhões e utilitários de carga. O produto, lançado em 2017 pela Companhia para compor o portfólio de produtos e fortalecer a presença da empresa no segmento, pode ser até 30% mais barato que os seguros tradicionais.

    "No primeiro ano de comercialização do produto, 90% das contratações foram feitas por Clientes que, antes, não haviam tido a oportunidade de adquirir um Seguro. Isso mostra o potencial e as oportunidades para continuarmos crescendo e investindo nessa categoria", explica Luiz Padial, Diretor de Automóvel da Tokio Marine. A Seguradora é líder de mercado nesse segmento, com 84,3% de market share em 2019, e é a única que oferece essa modalidade de seguro em todo o território nacional.

    "Em 2018, o ramo de Automóvel da Tokio Marine registrou alta de 8,4%, ante uma expansão de 3,2% do segmento, o que manteve o nosso histórico de crescer mais que a média de mercado. Trabalhamos constantemente para oferecer novos produtos que atendam às necessidades de nossos clientes, como no caso do Auto Popular. Com esta ampliação de veículos temos expectativa de dobrar a carteira", completa Padial.

    O Tokio Marine Auto Popular inclui cobertura de colisão, incêndio, roubo e furto com opção de contratar apenas colisão e incêndio, e assistência 24 horas completa. O diferencial do Tokio Marine Auto Popular é a possibilidade de reparos com peças novas compatíveis para itens que não sejam de segurança, o que viabiliza um preço significativamente mais competitivo. Para o caso de inexistência de uma peça nova compatível, o conserto será feito com as mesmas utilizadas no seguro tradicional, assim como é feito com os itens de segurança. Outro ponto importante é que, apesar de ser permitido o conserto com peças usadas, a Tokio Marine optou em não as utilizar.

    A Seguradora ainda oferece adicionais de cobertura de danos a terceiros e acidentes pessoais de passageiros, além de serviços de carro reserva e vidros, entre outros benefícios. Outro grande diferencial do produto é que os clientes do Auto Popular podem escolher entre oficina livre e referenciada – esta com franquia menor. A opção do tipo de oficina será feita pelo cliente no momento do sinistro.

    A modalidade é uma das quatro que a Seguradora oferece para veículos de passeio na mesma base de cálculo, mais um dos diferenciais dos Produtos da carteira de Auto. O Auto Popular, assim como os principais produtos da Carteira, como Tokio Marine Auto, Tokio Marine Auto Clássico, Auto Roubo + Rastreador, Tokio Marine Auto Popular, Tokio Marine Caminhão e Auto Frota, possui uma nova facilidade de pagamento. Os Clientes podem realizar o pagamento em 12 vezes sem juros no cartão de crédito em todo o portfólio. A intenção é criar um conceito de mensalidade, para que o consumidor possa encaixar mais facilmente o valor do seguro em seu orçamento.

    Fonte: RPMA, em 17.04.2019.

  • TokioMarine

    Principal evento do segmento reuniu líderes de mercado em São Paulo para discutir as tendências do setor imobiliário

    A Tokio Marine, uma das maiores Seguradoras do País, esteve presente no Summit Imobiliário Brasil 2019 nesta terça-feira (16), para apresentar sua nova solução para o mercado de locação de imóveis. Organizado pelo Secovi-SP e pelo Estadão, o encontro reuniu em São Paulo líderes de mercado para discutir as perspectivas e oportunidades de crescimento do segmento.

    A Seguradora foi representada por Marcelo Goldman, Diretor Executivo de Produtos Massificados da Tokio Marine, que falou na abertura do evento sobre os diferenciais do Tokio Marine Aluguel. "O Seguro é a única forma de proteção que garante o pagamento integral ao proprietário durante toda a vigência do contrato em caso de inadimplência, ao mesmo tempo em que dispensa o inquilino da necessidade de encontrar um fiador. Nós ainda facilitamos a contratação, com emissão on-line da apólice e envio eletrônico de documentos, o que agiliza o processo também para as imobiliárias", comenta Goldman.

    A expectativa de crescimento do setor imobiliário reforça o potencial de expansão desse seguro, nicho que cresceu cerca de 12% em 2018. De acordo com um levantamento do Secovi-SP, na cidade de São Paulo, um dos maiores mercados imobiliários do País, apenas 17% dos contratos de aluguel são fechados com seguro-aluguel. Esses números reforçam a estratégia da Companhia de diversificar seu portfólio, pensando em soluções que atendam às diversas necessidades do Clientes.

    Fonte: RPMA, em 17.04.2019.

  • Argo seguros

    imagem argo 16042019

    A Argo Seguros – uma das principais seguradoras do Brasil em Transportes, Riscos Patrimoniais, Responsabilidade Civil Geral e Profissional – está comemorando o aniversário de sete anos do Protector, sua plataforma digital de distribuição de seguros.

    Lançado em 2012, a plataforma foi uma das primeiras do país a oferecer seguros pela internet. Na época, já era possível fazer cotações e agilizar boa parte do processo de contratação. Entretanto, com o desenvolvimento da tecnologia, novos serviços foram sendo incorporados ao Protector. As soluções foram despertando a atenção do mercado, diminuindo distâncias e oferecendo oportunidades para diversos corretores em todo Brasil.

    Nos anos seguintes, além do lançamento de novos seguros, outras novidades foram acrescentadas à plataforma, como as centrais do Corretor e a de Atendimento, o Clube Protector, o Grupo de Afinidades, e a Central de Benefícios. Também foram desenvolvidos aplicativos para os segurados (“Meu Protector”) e para os corretores (“Central do Corretor”), ambos disponíveis na Apple Store e no Google Play.

    Hoje, os números retratam esse avanço. Atualmente, o Protector responde por R$ 16,6 bilhões de riscos cobertos; possui mais de 6,8 mil corretores cadastrados e está presente em 5,3 mil cidades do país. Para se ter uma noção mais exata do seu crescimento, há dois anos os números eram bem diferentes. Eram “apenas” R$ 9 bilhões em riscos cobertos, 4 mil corretores cadastrados e pouco mais de 4 mil cidades.

    Fomos disruptivos em 2012 ao lançarmos nossa plataforma digital. Ao longo desses anos, reforçamos a nossa estratégia de garantir a melhor jornada para o corretor cliente e final. Começamos 2019 lançando atualizações importantes da nossa plataforma, agora com uma estrutura vertical e 100% dedicada para os negócios digitais”, afirma Eduardo Pitombeira (foto), Head de Canais Digitais do Grupo Argo e um dos desenvolvedores do Protector.

    Com quase 70 opções nos segmentos de RC Geral e Profissional, o Protector oferece a maior quantidade de opções do mercado. Além de alguns seguros considerados mais tradicionais – como o RC Profissional para Médicos, Corretores de Seguros, e Dentistas, por exemplo – a seguradora disponibilizou produtos específicos para empresas e profissionais de setores bem específicos, como consultorias de RH; salões de beleza; produção de eventos e entretenimento; síndicos e administradoras de condomínio; certificação digital; postos de combustível; entre outras.

    A plataforma também trabalha com Seguros Patrimoniais (Empresarial e para Bikes de alto valor agregado); e de Responsabilidade Civil Geral (para Eventos). Mais recentemente foi incorporado o Protector Cargas, primeiro produto de Transportes da Argo Seguros desenvolvido para o formato digital, que atende empresas que exportam e importam mercadorias avulsas, com limite máximo por embarque de até um milhão de dólares.

    Recentemente, a seguradora anunciou novidades como o Argo Pro e o Argo Store. “O processo de desenvolvimento de novas soluções não para aqui na companhia. Estamos sempre atentos às solicitações dos corretores e seguiremos evoluindo e aperfeiçoando nossos serviços. A inovação está no nosso DNA”, garante Vanessa Oliveira, responsável pelo Argo Consumer Lines, nova vertical de negócios da Argo Seguros.

    Sobre a Argo Seguros

    A Argo Seguros é uma companhia especializada em seguros de Transportes, Riscos Patrimoniais, Responsabilidade Civil Geral e Profissional. Através da sua plataforma digital Protector - www.argo-protector.com.br – oferece também proteção para prestadores de serviços, transportadores, bikers entre outros, sendo reconhecida no mercado pela qualidade dos produtos e excelência no atendimento aos segurados e corretores parceiros.

    Está entre as cinco maiores seguradoras de Transporte Internacional e de Responsabilidade Civil Profissional. É subsidiária da Argo Group, Seguradora e Resseguradora com atuação em diversos mercados, listada na Bola de Valores de Nova Iorque (ARGO) e classificação A pela A.M. BEST e A- pela S&P. 

    Fonte: Agência Pauta VIP, em 16.04.2019.

  •  zurich logo

    Produto foi adaptado para atender este mercado e visa resguardar pequenas e médias empresas de riscos cibernéticos

    A transformação tecnológica vem mudando a maneira de fazer negócios e as informações estão se tornando o ativo mais valioso para as empresas. Com os novos métodos de ataques cibernéticos surgindo a todo momento e as Regulamentações e Leis de Proteção de Dados e de Privacidade em todo mundo estão se tornando mais rígidas, a segurança contra estas ameaças vem sendo cada vez mais essencial para qualquer tipo de companhia.

    Ciente deste cenário e utilizando toda sua expertise em riscos cibernéticos, a Zurich, seguradora global com mais de 79 anos de atuação no mercado brasileiro, passa a disponibilizar o seguro Proteção Digital voltado para pequenas e médias empresas.

    O Zurich Proteção Digital, que foi lançado no mercado nacional em 2017 e visa resguardar as companhias de eventuais perdas financeiras devido à violação de privacidade de suas informações, recebeu adaptações especialmente na sua forma de adesão, simplificando o acesso para PMEs. “A proposta de adesão foi facilitada e adequada a este mercado, tornando mais simples a contratação do seguro. As coberturas são as mesmas já aplicadas ao produto tradicional”, afirma Fernando Saccon, Head de Linhas Financeiras da Zurich no Brasil.

    O seguro Proteção Digital para PMEs é voltado para diferentes segmentos e setores, como associações profissionais, comércio (não eletrônico), consultorias, empresas de engenharia e arquitetura, empresas de hospitalidade (hotéis, restaurante), empresas de tecnologia, escritório de advocacia e de contabilidade, farmácias, clínicas médicas e odontológicas, imobiliárias, instituições de educação, sindicatos, entre outros.

    Depois de muitos estudos de mercado, entendemos que são setores que tem uma grande exposição a ameaças cibernéticas, principalmente por envolver informações e dados de clientes, e estes riscos não podem ser ignorados por nenhum tipo de empresa”, diz o executivo.

    Em recente estudo publicado pelo Fórum Econômico Mundial, com apoio da Zurich, o risco cibernético foi apontado como um dos mais preocupantes por executivos em todo o mundo. Estima-se que os custos de crimes cibernéticos contra empresas devam representar US$ 8 trilhões nos próximos cinco anos, o equivalente ao PIB (Produto Interno Bruto) atual do Reino Unido, França e Alemanha juntos.

    Entenda as coberturas do seguro Proteção Digital para as empresas:

    Responsabilidade civil por atos de violação: o seguro arca com o pagamento dos custos e danos, caso a empresa seja responsabilizada pela violação de dados por meio de um ataque cibernético;

    Violação de privacidade: o seguro cobre os custos com investigação, monitoramento de crédito e relações públicas;

    Despesas de substituição de ativo digital: em caso de dados corrompidos ou destruídos, os custos para a recuperação são cobertos;

    Lucros cessantes: caso ocorra um ataque que interrompa o acesso ao sistema da empresa, o seguro reembolsa os lucros cessantes;

    Ameaça cibernética: o seguro cobre o pagamento de extorsão e despesas na apuração de ameaças;

    Multas e sanções administrativas: o seguro cobre o pagamento com multas e sanções.

    Sabendo que as primeiras horas após o ataque são cruciais para minimizar danos, vale destacar ainda outro diferencial do seguro Proteção Digital. Por meio de uma parceria com a Crawford, a Zurich oferece ao segurado a possibilidade de contratação de um serviço de resposta a incidentes, provendo assessoria imediata no caso de uma violação da segurança da rede.

    Fonte: Race, em 15.04.2019.